quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O aquecimento do nosso planeta em video

O video abaixo, feito pela NASA, mostra uma animação gráfica dos dados coletados por diversas estações ao redor do mundo que mostram o aquecimento do nosso planeta desde 1800, quando os cientistas começaram a fazer esses registros. Esses são os chamados "registros modernos" (a partir de 1800).

Outros registros, bem mais antigos, são realizados pelos cientistas usando as bolhas de ar aprisionadas em gelo antigo (geleiras). A partir da análise dessas bolhas de ar se sabe a composição do ar em determinado tempo, que é datado, e passamos a saber um pouco mais da história climática do nosso planeta.

A partir desses registros, o ano de 2011 foi o nono ano mais quente da história do registro moderno. Você pode conferir um dos parâmetros que faz com que aumente a temperatura no planeta ao verificar na coluna da direita neste blog a caixa "Quantidade de CO2 (gás carbônico) na atmosfera". Lá você verá a comparação, do último mês encerrado, dos últimos dois anos. Torne essa visualização um hábito a cada mudança de mês e veja que só aumenta!

O que é incrível nesse video, é a velocidade (pouco mais de 200 anos) e a intensidade do fenômeno! Com esse video você agora terá certeza que o aquecimento global existe, sabendo que essas medições foram feitas por laboratórios científicos, competentes, de renome mundial e lisura em seus trabalhos.

Porém, ainda há tempo para nós mudarmos essa história toda. A humanidade colocou o planeta Terra numa direção de colapso generalizado. Cabe a cada um de nós fazer a sua parte, exigir que os políticos façam a deles, conhecer de quem está consumindo produtos e quais as implicações de cada opção decidida. Afinal, esse efeito de aquecimento é global. Ou seja, todos nós (povos, governos, empresas, etc.) temos que trabalhar em conjunto se quisermos uma reversão dessa situação.


Fonte:  NASA Goddard Institute for Space Studies. 
            Crédito da visualização: NASA Goddard Space Flight Center Scientific Visualization Studio)

Nenhum comentário: